Thursday, May 25, 2006

"perfilados de medo agradecemos
o medo que nos salva da loucura.

decisao e coragem valem menos
e a vida sem viver è mais segura"

alexandre o'neill, o mesmo senhor que diz que o medo vai ter tudo.
o veneno e o antidoto da mesma origem, como manda a regra.

e, mais que tudo, o poder regenerador da proximidade*.


* "when the world grew bigger, and there wasn't enough string to keep the things people wanted to say from disappearing into the vastness, the telephone was invented. sometimes no length of string is long enough to say the thing that needs to be said" mas é tao bom quando é exactamente o que é preciso ser dito, que é dito. obrigada.